Violência imperando, diz sindicato diante do 26º ônibus incendiado em SSA

Voz de Feira
Mais um ônibus foi incendiado em Salvador, desta vez, no Subúrbio Ferroviário. O ataque contra o veículo da empresa Boa Viagem, que fazia linha Placafor/Coutos, ocorreu no bairro de Alto de Coutos, no final da noite de quinta-feira (10).
De acordo com informações de Daniel Mota, diretor do Sindicato dos Rodoviários, o modus operandi foi o mesmo realizado em outras ocorrências. Segundo ele, os ocupantes foram obrigados a descer do coletivo, que logo em seguida foi tomado pelas chamas.
“É o 26º ônibus, é a violência urbana imperando. Queria sugerir ao comitê em defesa do transporte coletivo atuar mais firme na questão da inteligência”, apelou Mota, em entrevista à Rádio Sociedade da Bahia. As causas do ataque ainda são desconhecidas. Uma equipe do Corpo de Bombeiros esteve no local, mas o coletivo já estava destruído.
Conforme o dirigente, além da perda do veículo, pelo menos cinco postos de trabalho são perdidos neste tipo de ação, classificada por ele como “terrorista”.

OUTRAS NOTÍCIAS