Vereador Luiz da Feira publica nota de repúdio contra decisão da Empresa Rosa em ter retirado os ônibus da Zona Rural, causando sérios transtornos à população.

Por Cloves Pedreira

O Vereador Luiz Ferreira Dias (Luiz da Feira) torna pública a presente NOTA DE REPÚDIO em face da atitude ilegal e deselegante, ocorrida no último dia 05 de maio do corrente ano, quando as empresas de ônibus responsáveis pelo transporte coletivo municipal retiraram por decisão unilateral as linhas que atendem a zona rural.

“Salienta-se que essa atitude inconsequente não deve passar despercebida pela Prefeitura Municipal, a qual deve tomar uma providência imediata de punição às empresas responsáveis, como explanei hoje no plenário da Câmara Municipal.

Isso porque, ao tomarem esta decisão extrema de interromperem o serviço, por livre espontânea vontade sem comunicação prévia ao Município, as empresas atualmente responsáveis pelo transporte municipal descumpriram sem justificativa um dos seus preceitos que as levaram a ganhar á época a licitação, ou seja, a continuidade da mobilidade da população.

Portanto, eu, enquanto representante da população, na qualidade de Vereador, defensor de direitos e cidadão feirense, nascido, criado e orgulhosamente de origem da zona rural deste Município, e, por isso ser conhecedor dos problemas de locomoção dos distritos, após ter informação da Superintendência Municipal de Trânsito – SMT que, a mesma não autorizou a retirada desses veículos que atendem a zona rural, intitulo como afrontosa e irresponsável a decisão das empresas. Diante desse acontecimento incabível, me solidarizo ainda, com os moradores da zona rural que dependem destes transportes diariamente para trabalharem e assim sustentarem suas famílias.

Assim, me coloco à disposição como fiscal da Lei para acompanhar de perto a resolução deste episódio e, que, conforme contato com a SMT tive conhecimento que o primeiro passo já foi dado, ou seja, a citada Secretaria notificou as empresas de transportes coletivo municipal para que as dez linhas voltem a circular pelos distritos, e, caso não atendam à notificação, elas podem ser multadas. Mas se mesmo notificadas não cumprirem a notificação me juntarei aos moradores da zona rural de Feira de Santana para solucionarmos este entrave”. concluiu Luiz da Feira

Feira de Santana/ Ba, 07 de Maio de 2020.



OUTRAS NOTÍCIAS