Soldado da PM suspeito de estupros é levado para o HGE após passar mal no presídio

O soldado da PM Josevildo Valentim dos Santos Júnior, 41, suspeitos de cometer vários estupros em Alagoas e que estava preso no Presídio Militar após estuprar e matar uma jovem de 18 anos, passou mal e precisou ser socorrido para o Hospital Geral do Estado (HGE).

De acordo com o relatório do Centro Integrado de Operações da Segurança Pública (Ciosp), o militar foi socorrido pela ambulância da Secretaria de Ressocialização e Inclusão Social (Seris) por volta de 17h30 de quarta-feira (20) para o HGE.

Segundo informações da polícia, o soldado Valentim teria se automedicado e, em seguida, passou mal. De acordo com o boletim médico do HGE, ele deu entrada com quadro de intoxicação exógena.

De acordo com o último boletim médico do hospital, até esta manhã o PM ainda estava na Área Vermelha da Unidade, intubado e sedado. O estado de saúde é considerado grave.

Militares do Batalhão de Polícia de Guarda (BPGD) estão no HGE e fazem a custódia do soldado.

Andamento do caso

Josevildo Valentim dos Santos Junior está preso desde o dia 18 de outubro. Ele confessou ter estuprado e matado Aparecida Rodrigues Pereira, de 18 anos, e, baleado o namorado dela, Agnísio dos Santos Souto, 24, no dia 15 de outubro.

O soldado também confessou que estuprou uma jovem em Marechal Deodoro entre 2013 e 2014, período em que trabalhou na cidade. Até a última sexta (25), 4 vítimas de Marechal Deodoro reconheceram Valentim como autor dos crimes cometidos contra elas.

Fonte: G1Alagoas

OUTRAS NOTÍCIAS