Rússia anuncia produção de vacina contra coronavírus para setembro

Voz de Feira

O governo da Rússia, anunciou neste sábado (13) que no mês de setembro, começará a produzir, em grandes quantidades, uma vacina contra o novo coronavírus, que já infectou mais de meio milhão de pessoas no país.

Os testes clínicos serão realizados em julho, o registro nas agências federais será feito em agosto e a produção começará em setembro, disse Tatiana Gólikova, vice-primeira-ministra russa, em entrevista coletiva.

O Centro Nacional de Pesquisa em Epidemiologia e Microbiologia Gamalei, que recebeu o nome de um famoso virologista russo soviético e trabalha em cooperação com o Ministério da Defesa, será o responsável pela fabricação.

Até o momento, o Ministério da Defesa do país informou que 50 soldados, 45 homens e 5 mulheres se ofereceram para participar dos ensaios clínicos do Centro de Pesquisa Científica.

O governo russo informou que dez centros científicos no país estão atualmente trabalhando no desenvolvimento de vacinas e medicamentos para combater a doença infecciosa, incluindo a Universidade Estatal de Moscou.

No final de maio, o presidente russo Vladimir Putin ordenou que o governo acelerasse a produção da vacina contra o coronavírus.

OUTRAS NOTÍCIAS