Roberto Tourinho não será candidato a reeleição como vereador

Na manhã desta segunda-feira (25), o vereador e procurador licenciado do município de Feira de Santana, Roberto Tourinho, confirmou a afirmativa de que não concorrerá à reeleição como vereador de Feira.

“Eu já manifestei as pessoas mais próximas, aos amigos e eleitores com quem tenho contato no cotidiano, que não desejo ser candidato a reeleição, sinto que já cumpri meu papel na Câmara de Feira de Santana ao longo destes sete mandatos apresentando leis, fazendo requerimentos e contribuindo com melhorias para a cidade”, afirma.

Tourinho, acredita que caso disputasse a reeleição, conquistaria êxito, mas o vê com condições necessárias para governar a cidade.

“Eu não tenho a menor dúvida de que se eu desejasse continuar na Câmara, eu acredito que renovaria meu mandato. Se eu estivesse pensando em comodismo não estaria falando sobre uma candidatura a prefeito, mas há momentos que você deve ter a coragem de tentar coisas grandiosas”, ressalta o vereador sobre candidatura à prefeito de Feira.

“Sou partido verde (PV), tenho 10 anos no partido. É um partido com o qual me identifico e tenho amigos. Porém nós temos conversado com outros partidos, o que é natural no período em que se antecede o período eleitoral que estaremos enfrentando em 2020”, diz.

De acordo com ele, nas próximas eleições estão proibidas as coligações na proporcional, mas ainda será possível realizar a coligação na majoritária.

“Candidatos a prefeito podem receber o apoio de vários partidos. O PSDB já manifestou o desejo de ter candidatura própria nas grandes cidades visando o seu crescimento. Não há nenhum entendimento, o que há são conversas”, destaca.

Sobre sua candidatura, o vereador acredita que o município ver diferenças.

“Eu sinto que há um desejo dos partidos em Feira de construir uma candidatura diferente para as próximas eleições, há um cansaço, você não pode chegar em uma secretaria municipal e ver determinadas pessoas estarem lá a 20 -25 anos, há um desejo de uma construção de método diferente”, conta.

Fonte: Bom dia Feira

OUTRAS NOTÍCIAS