Representantes de empresas de ônibus faltam, e audiência pública é adiada. Associados da Coopetrafs se fazem presente, e Vereador Fabiano da Van se une a luta da categoria!

Por Cloves Pedreira

Os representantes das empresas de ônibus Rosa e São João faltaram à audiência pública que trataria sobre o transporte público, nesta sexta 24, na Câmara de Vereadores, o que forçou uma remarcação com data indefinida.

José Carneiro, presidente da Câmara Municipal, falou que a ausência dos representantes das empresas de ônibus  foi “deselegante”

As empresas argumentaram que houve um erro na data do ofício encaminhado pelo vereador Roberto Tourinho, mas, segundo ele, o argumento é uma manobra para se esquivar dos esclarecimentos.

“Eu entendo que os empresários das empresas Rosa e São João foram deselegantes. Nós apenas fizemos um convite aos empresários para discutir exclusivamente o pedido da empresa São João ao poder judiciário de recuperação judicial. Não tínhamos questões outras para discutir, mesmo porque o regimento da Câmara é claro. Só será discutido em audiência pública o que está escrito no requerimento. De certa forma a gente entendeu como uma manobra a resposta dada pelos empresários, argumentando que houve um erro na data do ofício encaminhado pelo vereador Roberto Tourinho. Acho que foi uma manobra mesmo e não vieram porque não quiseram dar esclarecimentos sobre essa situação. O que a gente sabe é que se a empresa estivesse bem, não estaria pedindo recuperação judicial. A preocupação não é de um vereador, é da população de Feira de Santana. Nós queremos um transporte coletivo decente”, afirmou José Carneiro.

O secretário municipal de transportes e trânsito, Saulo Figueiredo acrescentou:

“Nós viremos com a mesma cortesia e com a mesma disponibilidade para prestar qualquer tipo de esclarecimento haja vista que em pleno 2017, na era das redes sociais, hoje nós vivemos tempos de transparência. Nós viemos com esse objetivo e não se consumou a audiência pública. Mas estamos à disposição”, acrescentou.

Danilo Ferreira, diretor de mobilidade do governo do estado, relatou que o sistema de transporte é falido., e faz necessário estudos em conjunto para uma solução viável.

“Esse sistema está mal pensado, mal projetado, não atende aos desejos de viagens das pessoas. Tem um tempo de viagem muito longo assim como o tempo de espera. Portanto precisamos requalificar o sistema. Repensar o sistema, precisamos colocar uma nova empresa”, pontuou. Danilo

O vereador Roberto Tourinho, autor da convocação para audiência pública, não aceitou a justificativa das empresas e disse:

“Prevaleceu o uso desse artifício para se esquivar de comparecer à Câmara. O que nos causa estranheza é que a empresa diz que está em dificuldades financeiras e requer na Justiça a recuperação judicial. Teve a oportunidade de vir à Câmara esclarecer e não compareceu”, ressaltou.

O vereador Fabiano da Van foi ovacionado pelos filiados da COOPETRAFS, cooperativa de Transporte Alternativo de Feira de Santana, o vereador se uniu à luta destes profissionais, e o seu apoio é sem dúvida alguma de fundamental importância para a categoria!

OUTRAS NOTÍCIAS