Presidente Fernando Torres bate forte e pergunta: “Onde colocaram mais de 100 milhões de reais”? “O BRT não existe”?

Por Cloves Pedreira

O presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana, vereador Fernando Torres  (PSD), questionou na Tribuna da Casa Legislativa, na manhã desta quarta (11 sobre o destino do dinheiro para as obras do BRT e de forma veemente cobrou explicações de como foi tratado o erário público nesta demanda sucateada, “acabou com o transporte” no município, disse o Presidente.

Fernando Torres também pontuou sobre a péssima qualidade dos serviço de transporte público. “A mobilidade urbana em Feira é um fracasso, um desastre que começou pelo BRT.

“Onde colocaram mais de 100 milhões de reais? O BRT não existe”, exclamou o presidente ao afirmar que o município “não tem ônibus, não tem taxi”.

Fernando prosseguiu argumentando que a corrupção nos poderes executivo e legislativo no passado, degradou o sistema de transporte. “O que acabou o transporte de Feira foi a corrupção. Foi essa Câmara corrupta no passado. Foi alguém na prefeitura que também deixava a corrupção predominar. O transporte de Feira é o Uber, a Maxim e o ligeirinho, que  é forte em alguns bairros, mas isso foi fruto da corrupção, dos bandidos que frequentaram essa Casa e que eu denunciei aqui, no primeiro dia do nosso mandato”. disse Fernando,

“Nenhuma empresa de ônibus vem para Feira de Santana. Um grande amigo meu, que já foi empresário do ramo de transporte na cidade disse que é impossível lidar com a Câmara, com a prefeitura e com os políticos de Feira”. afirmou o Presidente.

Atualmente a Casa da Cidadania não compactua com a corrupção “Claro que essa Câmara não concorda, claro que os vereadores que ganharam são fruto de uma revolta do povo de Feira de Santana, que se cansou dos corruptos” pontuou Torres.

Com um discurso firme o presidente conclamou os pares para mudar esta situação de corrupção do passado. “Nós, aqui na Câmara, temos que melhorar isso. Não podemos esperar o prefeito Colbert decidir como vai ser o transporte de Feira. Temos que fazer leis que possam melhorar a vida dos feirenses, porque o BRT não funciona, jogaram mais de cem milhões no lixo. No passado, fizeram os viadutos mal planejados. Hoje, estão consertando tudo de novo, gastando o dinheiro de outros viadutos, que poderiam ser feitos em outros lugares, como no Viveiros” finalizou Fernando Torres

OUTRAS NOTÍCIAS