Prefeito Colbert Martins pode perder o apoio dos vereadores da bancada governista?

Por Cloves Pedreira

Nos bastidores do Legislativo feirense,  os comentários sobre uma possível ruptura entre parte da  bancada do governo, e o prefeito Colbert Martins, toma neste momento uma forma quase que definitiva, pois é verdade, e todos, imprensa e edis, sabem que ha uma insatisfação gigantesca dos vereadores em relação a Colbert Martins, devido a diversos motivos, dentre os quais; quanto a divisão que é  feita, de forma injusta, segundo apuração, alguns vereadores possuem mais de 500 indicações, neste caso seria Lulinha da Conceição, outros não chegam a 35. Outro fator que está causando revolta entre os parlamentares, gira em torno da partilha dos cargos indicados por Beto Tourinho, no momento oposição a Colbert.

Nesta quinta 28, a vereadora Eremita encontrou-se em audiência com o prefeito, e saiu cuspindo bala, batendo forte, segundo uma fonte, Eremita chegou a fala com Colbert Martins que ela se reelege, mas ele que foi colocado com o apoio dos seus colegas da bancada governista, pode não se reeleger.

É notório que, se a oposição investisse nos insatisfeitos conseguiriam levar para a base de Rui Costa mais da metade dos vereadores.

Esta matéria retrata a realidade do momento político em Feira de Santana, e não tem como objetivo atacar quem quer que seja.

 

OUTRAS NOTÍCIAS