Pref. Colbert Filho arquitetou armadilha, para produzir um escândalo sexual contra vereadores.

Por Cloves Pedreira

Nesta quarta feira, 06, o vereador Paulão do Caldeirão subiu à Tribuna da Casa Legislativa e fez uma séria denuncia, onde através de áudios, tomou conhecimento que; os ex-vereadores Irmão Fernando da Igreja Universãl do Reino de Deus, o procurador do município Moura Pinho, e a secretária do prefeito Colbert filho que inclusive seria a pessoa que levaria o dinheiro para pagamento da empreitada sexual, que geraria um escândalo sexual que objetivava prejudicar as vereadoras Lú de Ronny e Eremita Mota, e os edis Paulão do Caldeirão e Fernando Torres

De acordo com a reportagem, um áudio do ex-vereador “Irmão” Fernando circula no WhatsApp orientando uma mulher, como produzir o escândalo sexual contra os vereadores, inclusive provocando arranhões no parlamentar, para configurar estrupo.

Em seguida a sessão ordinária da Câmara foi suspensa, e o Presidente da Câmara Municipal Presidente Fernando Torres e outros vereadores, acompanharam o vereador Paulão do Caldeirão que foi prestar queixa na delegacia de polícia.

OUTRAS NOTÍCIAS