Pré Candidato a vereador Wellington Paquito, na campanha passada obteve; 634 votos, e se transformou na aposta da Matinha para renovar. Alí obteve 389 votos.

Por Cloves Pedreira

Welingthon Gonçalves Vitorio, mais conhecido como Welingthon Paquito  é um jovem de 38 anos, casado, tem dois filhos. Nascido no povoado de Candeia Grossa no distrito da Matinha, reside no povoado vizinho Alecrim Miúdo do mesmo distrito.

Um jovem promissor, faz faculdade de Processos Gerenciais, além de exercer o cargo de líder/supervisor de vendas na empresa que trabalha também ama as atividades rurais e esportivas das comunidades, está sempre ao lado do povo participando e ajudando no desenvolvimento de várias comunidades do distrito.

Por estar próximo e vivenciar diariamente as dificuldades da zona rural, entendeu e enxergou também a oportunidade de representá-los na câmara municipal sendo candidato a vereador em 2016 onde obteve 634 votos em uma candidatura precoce com a ajuda de amigos e familiares. Lembra que política está no sangue e vem de berço pois é Filho de duas grandes lideranças da região, o Felipe Vitorio e D. Hilda Gonçalves, e se lembra muito da luta que seus pais conta do seu tio avô “o saudoso vereador Hermes Sodré”.

Atualmente é Pré candidato a vereador em Feira de Santana pela segunda vez e luta intensamente por uma zona rural mais forte, unida, com transporte digno, estradas com boa trafegabilidade. Dando condições e estrutura para os jovens e adultos que buscam não só trabalho mas também para os que estudam à noite fazendo faculdade e tem dificuldade para retornar para suas casas, o conhecimento é essencial para o desenvolvimento das pessoas e comunidade.

“Tem diversas  atividades culturais que abrange a zona rural como o samba de roda, o futebol que é intenso, associações e também os Quilombolas que é raiz que merecem a devida atenção para fortalecer essas culturas”. Diz Paquito

OUTRAS NOTÍCIAS