Porque cresce o número de evangélicos que não votam no Dep. Zé Neto? Análise Teológica

Por Cloves Pedreira

O PT não apoia o aborto, quando alguém confirma isto está mentindo, uma fala do presidente Lula não foi pela aprovação da  interrupção da gravidez ou remoção de um feto ou embrião, mas sim de que este tema precisa ser discutido no âmbito da sociedade em geral, como caso de saúde púbica, já que milhares de jovens morrem praticando este crime, todos devem colaborar com este caos, sejam; igrejas, associações, médicos, advogados, professores, ou ; o povo em geral, assim também como outros temas inerentes às drogas e escolhas de cunho sexual, e que é passada pelos líderes do clero, aos seus seguidores como o PT apoia estas situaçãoes mal resolvidas social e juridicamente.

Fiz este relato para que o maus intenionados não queiram imputar a quem quer que seja uma cupabilidade.

A questão é porque cresce o número de evangélicos que não votará no Dep. Zé Neto agora em 2022.

Algumas pessoas acreditam que este fato dar-se pelo fato dele ser “papa hóstia”, termo este carinhosamente denominado aos irmãos católicos, neste mérito não entrarei, mas a fortes indicios que possa ser.

O que tenho certeza é que os evangélicos, pelo menos 99.0% não ficaram satisfeitos com a receptividade pós campanha 2020, já que Zé Neto não cumpriu com as promessas acertadas.

Zé Neto detesta quando fala-se que ele não promete, mas posso comprovar que ele promete e não cumpre.

OUTRAS NOTÍCIAS