PF recolhe da casa de Jaques Wagner 15 relógios de luxo, celulares, documentos e computador

Voz de Feira

Após cerca de 2h de realização da Operação Cartão Vermelho, na casa do ex-governador da Bahia, Jaques Wagner (PT), a Polícia Federal apreendeu 15 relógios de luxo, celulares, documentos e um computador. Os dados foram apresentados pela Polícia Federal no final desta manhã (26) na sede do órgão em Salvador.

De acordo com a PF os relógios foram presentes dados ao petista pela Odebrecht, como pagamento de propina no caso investigado pela Operação Cartão Vermelho, de irregularidades na contratação dos serviços de demolição, reconstrução e gestão da Arena Fonte Nova.

Além disso, foi divulgado que Wagner teria recebido R$ 82 milhões de propina.

OUTRAS NOTÍCIAS