O Prefeito de Feira precisa de quatro vereadores dos que compõem o Grupo dos Aliados. Alguém se venderá? “ROENDO A CORDA”, denunciaremos.

Por Cloves Pedreira

O mundo registra em sua história diversos acontecimentos, mas um dos que mais se destacam, e que marca como um fato repugnante é o ato da traição.

Quem não lembra-se de Siilvério dos Reis? Apesar de ser português, ele se tornou o traidores mais famosos do Brasil antes mesmo de o país se libertar de Portugal, devido a sua traição Tiradentes foi morto de uma forma cruel, enforcado, esquartejado e sua carne jogada pelas ruas

Brutus certamente não foi o primeiro traidor da história, mas foi o primeiro a se tornar famoso. Depois de lutar pelo Império Romano, comandado pelo seu pai adotivo Júlio César, ele, Brutus se uniu a outros e apunhalou Júlio Cesar após abraça-lo.

Mas, o mais famoso traidor de todos os tempos foi Judas Iscariotes, ele era o discípulo que sentava-se ao lado de Cristo o Filho de Deus, Judas era tipo um tesoureiro do grupo, inclusive roubava dinheiro que era para as despesas do grupo. Certa vez, Cristo reunido com os doze, disse; “um dentre vocês me trairá”, curiosos, os discípulos perguntaram quem seria, e Jesus disse que era aquele que sentava ao seu lado, por tanto um dos mais próximos do Rei dos Reis Jesus de Nazaré.

Por que discorro sobre este tema? Assim o faço, pois paira nos bastidores da Câmara Municipal de Feira, um odor fétido de traição revoando pelo ar, e faz-se necessário que o povo e o Presidente Fernando Torres com a sua habilidade adquirida em sua trajetória política, não permitir um retrocesso nesta Legislatura conduzida com esmero.

O Portal de Notícias Voz de Feira, estará atento às votações previstas para este segundo semestre, e divulgaremos como sempre fazemos; a realidade, esperando que não haja traições contra os interesses populares

Se “ROER a corda”, denunciaremos

OUTRAS NOTÍCIAS