O maior adversário do PT no Brasil é a Igreja, e não existe nem a longo prazo, uma estratégia para estancar a sangria. Confira

Por Cloves Pedreira

Paulo de Tarso, um dos homens mais sábio que pisou neste planeta, fez uma analogia perfeita sobre o que seria a Igreja, e registrou em um dos livros da Bíblia denominado como o livro de: Romanos 12, verso 5, está escrito; “[…] assim também nós, conquanto muitos, somos um só corpo em Cristo e membros uns dos outros”.

corpo é formado pelos membros, e estamos ligados à cabeça que é o Senhor Jesus. O Corpo de Cristo não é formado pela soma das Igrejas, mas pelos membros.

É esta força, que vem sendo colocado como principal bandeira da direita para derrubar as p´retenções quanto governo dos partidos de esquerda, principalmente o PT.

Incapazes de atrair está força incomum, percebemos o raquitismo lento e contínuo do petismo no Brasil, e em Feira de Santana, as maiores lideranças eclesiásticas, estão cada vez mais fortalecidas, e bem distante do PT.

Longe está a possibilidade da esquerda, atrair, seduzir, ou despertar simpatia, no meio evangélico, o que não seria tão difícil, pois o atrativo não está nas emendas parlamentares, ou em projetos que seja necessário investimentos pesados, mas sim na própria Bíblia e demais fontes existente.

OUTRAS NOTÍCIAS