O ano Legislativo em Feira começa dia 1° de fevereiro, e o Presidente Fernando Torres e demais vereadores, como guardiões da sociedade feirense, já apresentam de fato intenção de renovar.

Por Cloves Pedreira

Além de fazer as Leis do Município, o Poder Legislativo Municipal também tem diversas outras funções importantes, como a garantia do cumprimento das leis, fiscalizar os gastos dos recursos públicos, aprovar orçamentos, garantir a execução dos programas sociais encaminhados, fiscalizando desta forma a atuação do Poder Executivo, no caso o prefeito.

Quanto a isto, o Presidente Fernando Torres registrou em sua primeira entrevista coletiva à imprensa: “Apesar de aliado ao prefeito vamos fiscalizar, como a oposição fiscaliza. De forma neutra sem puxar brasa para a sardinha de ninguém”, ressaltou. 

Quem nestes últimos dias tem comparecido a Câmara Municipal, percebe-se um clima mais leve, sem tanto estrelismo, com o Presidente Fernando Torres arrumando a casa, mostrando para o que veio, congelando os salários dos vereadores, secretários e prefeitos por um ano, devido a aguda crise econômica causada pela pandemia, e dispondo ainda o seu tempo atendendo o povo no Gabinete da Presidência.

O ano Legislativo sempre iniciava-se dia 15 de fevereiro, mas neste primeiro ano, foi antecipada para o dia 1° de fevereiro.

A uma grande expectativa e ansiedade do povo para ver de perto as sessões com este novo formato na Casa da Cidadania, pois a todo momento vemos o povo em geral ir àquela casa para perguntar quando começará as sessões ordinárias.

OUTRAS NOTÍCIAS