Militares assumem 21 setores do governo. De bancos e estatais à Educação!

Por Cloves Pedreira

Os militares passam de 45 no governo Bolsonaro, foram indicados para 21 áreas: desde a assessoria da presidência da Caixa Econômica ao gabinete do Ministério da Educação; da diretoria-geral da hidrelétrica Itaipu à presidência do conselho de administração da Petrobras.

O Exército, do qual vieram o presidente e seu vice, Hamilton Mourão, tem maioria entre os membros do governo: eram 18 generais e 11 coronéis da reserva até esta sexta (18) – o número cresce diariamente.

Esta novo formato aconteceu com o apoio da sociedade civil, principalmente por setores religiosos.

OUTRAS NOTÍCIAS