Médico trata paciente de forma grosseira no hospital Municipal de Santanópolis – Ba. O prefeito Florin não tomou providências!

Cloves Pedreira

Segundo denuncia feita ao Voz de Feira pela senhora Tatiana Lima, no dia 01/07, ela procurou atendimento no hospital municipal de Santanópolis, para um procedimento que consistia apenas numa emissão de receita para ela comprar um medicamento que precisa ser tomado diariamente.

Chegando na unidade médica, o plantonista, médico Felipe da Silva Gomes, Cremeb, 27903 negou-lhe atendimento, ela explicou-lhe por diversas vezes que o remédio seria para conter convulsões e que poderia ser constatado a veracidade da necessidade  por um relatório médico da NEUROCLÍNICA receitado pelo neurologista Cleanto Lacerda.

A paciente, sra. Tatiana informou ao médico, que caso ela não tomasse a medicação, ela poderia sofrer uma convulsão, no que o médico falou: “Vá para casa, após a convulsão a senhora retorna. Esta situação perdurou por mais de uma hora.

Voz de Feira: D. Tatiana nos relate o que aconteceu no momento da consulta com o médico Felipe Silva, plantonista no dia do ocorrido.

“Cheguei no hospital, e falei com o médico que fui me consultar, para que ele me desse uma receita para comprar um remédio que tomo todos os dias, e que se eu não tomar este remédio, eu dava convulsão,  ele disse que não me daria pois era sábado, pedi por favor, me humilhei, pedi pelo amor de Deus se senão eu iria dar convulsão. O medico mandou eu ir pra casa, quando desse a convulsão voltasse que ele atenderia.

Por muito eu me humilhar, ele passou uma caixa do medicamento, quando deveria ter recitado três caixas. Eu fui e comprei, por causa disso não estou passando bem, nunca fui tão humilhada em minha vida. disse Tatiana

 

O povo brasileiro está sendo massacrado pelo sistema, no qual, a grande maioria dos médicos estão inseridos, profissionais que deveriam tratar as pessoas bem, mas mesmo com o juramento, estes médicos humilham e pisam os mais pobres.

Se o prefeito José Florin, respeita e considera os munícipes, demitirá este médico.

OUTRAS NOTÍCIAS