Matéria publicada no Folha do Estado revela que Feira de Santana só recebeu verbas de 4 federais

Voz de Feira

Foto: Folha do Estado

Faltando apenas 16 dias para a eleição do dia 7 de outubro, um sinal de alerta deve ser ligado entre os quase 400 mil eleitores de Feira de Santana. Dos 20 deputados federais que não têm domicílio eleitoral na cidade, mais bem votados na Princesa do Sertão, apenas 4 destinaram recursos através de emendas parlamentares, via prefeitura, para o maior município do interior baiano. Os outros 16 ignoraram completamente os votos que obtiveram na cidade e nada fizeram por ela.

Entre os que assumiram e honraram compromisso com Feira, mesmo não tendo domicílio eleitoral na cidade, está Antônio Imbassahy (PSDB), que foi o maior destinador de recursos ao município com R$ 6 milhões nos últimos 4 anos. Os recursos destinaram-se prioritariamente a área de saúde (UBS, serviço de atenção básica com equipamentos hospitalares e estruturação de rede de atenção básica e custeio para a saúde que ensejará um programa no município para um mutirão de atendimento médico hospitalar com recursos já nos cofres da prefeitura) e uma moto niveladora para a agricultura, que chegará ainda este ano. Em Feira, Imbassahy teve 1.853 votos na última eleição.

O segundo colocado em doações, foi o bispo Márcio Marinho (PRB) que destinou ao município R$ 3,3 milhões que teve como principais destinações reforma e aquisição de materiais para os Conselhos Tutelares, reforma da Praça da Kalilândia, Campo de Futebol e quadra poliesportiva e recursos para aquisição de um tomógrafo para o Hospital Dom Pedro de Alcântara. O bispo Márcio Marinho obteve em Feira 10.038 votos no último pleito.

O deputado Zé Nunes (PSD) aparece em terceiro lugar com R$ 2,4 milhões para construção de quadra poliesportiva, obras de pavimentação em distritos, festejos populares, custeios para saúde e uma patrol. Zé Nunes que é oriundo de Euclides da Cunha, obteve na eleição passada 2.937 votos.

A deputada republicana Tia Eron com uma votação bem menor que os três primeiros colocou emenda no município de R$ 105 mil destinadas a atividades esportivas e no último pleito obteve 562 votos.

Folha do Estado

OUTRAS NOTÍCIAS