Mãe adianta parto para que marido em estado terminal conheça a filha

Voz de Feira

Para realizar um dos últimos desejos de seu marido, uma mulher abriu mão de ter seu quinto filho de parto normal. Diane Aulger escolheu adiantar o parto para que Mark, em estágio avançado de câncer de cólon, conhecesse a filha. Durante o Natal de 2016, a família celebrou o fato de que, após oito meses de quimioterapia, Mark eliminou vestígios da doença. No entanto, em 1º de janeiro, ele recebeu o diagnóstico de fibrose pulmonar. Os médicos informaram, segundo o UOL, que Mark teria apenas mais uma semana de vida. A previsão estava errada. Ainda assim, Diana decidiu se submeter a uma cesárea em 18 de janeiro. Mark foi o primeiro a segurar Savannah, durante 45 minutos. “Quando a enfermeira limpou a bebê e a deu para Mark, a gente podia ver a dor nos olhos dele. Ele ficou conversando com ela, dizendo que era seu pai e que a amava”, contou Diane ao programa de TV The Doctors Show. O pai ainda segurou a menina por mais um minuto no dia seguinte e morreu dois dias depois.

OUTRAS NOTÍCIAS