Haddad: Não devemos macular as FA por conduta de ministros militares

Fernando Haddad, candidato do PT nas eleições presidenciais de 2018, disse hoje que não é certo “macular as Forças Armadas” por conta da conduta de ministros militares do governo de Jair Bolsonaro (sem partido). “Eu conheci grandes militares, conheci grandes patriotas nas Forças Armadas. Acho que os militres que servem o Bolsonaro estão prestando um desserviço ao país. Sou contra criticar as Forças Armadas pela conduta dos ministros militares do Bolsonaro. Não podemos cometer esse erro que foi cometido contra outras instituições. Não pode se cometer com as Forças Armadas. É a mesma coisa que atacar a Igreja Católica pela conduta de um padre, ou atacar a Igreja Evangélica pela conduta de um pastor. Nós não devemos macular as Forças Armadas em virtude da conduta equivocada de ministros do Bolsonaro”, disse hoje durante participação no UOL Entrevista.

Haddad criticou o ministro interino da Saúde, o general Eduardo Pazuello, por conta das decisões à frente do ministério em meio à pandemia do novo coronavírus e citou outros ministros do governo Bolsonaro.

“Não sou contra nomear político, militar, civil. Nada disso é proibido, mas você tem que nomear pela competência. Você tem que nomear uma equipe que esteja familiarizada com o assunto que vai tocar. Você tem no Meio Ambiente [Ricardo Salles] um ministro que é contra o meio ambiente. Nos Direitos Humanos [Damares Alves], uma senhora que é contra os direitos humanos. Na Fundação Palmares, um sujeito [Sérgio Camargo] que é contra a luta dos negros no brasil. Você tem no Itamaraty [Ernesto Araújo], alguém que só arruma confusão com nossos principais parceiros comerciais. Na Saúde, você tem uma pessoa que não sabe onde é a Linha do Equador”, declarou.

“Nós estamos com um problema grave. Não se trata de ser militar ou não. temos grandes militares, inclusive militares nacionalistas, ou você acha que os militares bolsonaristas representam o pensamento médio das forças armadas? Se representar, nós estamos fritos.”

OUTRAS NOTÍCIAS