logo_voz_de_feiraa

Há indícios de desvios de dinheiro público, conforme contratos enviados em caixas no ato pirotécnico do secretário Marcelo Brito. Confira

Por Cloves Pedreira

Intimado pela CPI, que investiga indícios de corrupção na saúde para apresentar cópias de contratos firmados pela secretaria, o secretário Marcelo Brito, entregou trezentas mil folhas de papel, em caixas transportado por um caminhão, que custou mais de vinte e cinco mil reais aos cofres públicos, acumulando prejuízos incalculáveis à pasta.

Marcelo Brito na Polícia Federal

Mas, o tiro saiu pela culatra, a documentação apresentada pelo secretário da saúde Marcelo Brito, so fortalece a possibilidade de corrupção, detectado em contrato enviado pelo secretário, já que há indícios de desvios de dinheiro público, constatado em relação de vários funcionários que servem a procuradoria e ao gabinete do prefeito, recebendo pela saúde.

OUTRAS NOTÍCIAS