Fernando Torres ameaça sair do PSD e pode perder Sedur

Voz de Feira

Empossado secretário estadual de Desenvolvimento Urbano na mais recente reforma administrativa do governador Rui Costa (PT), anunciada no fim do mês de janeiro, o deputado federal Fernando Torres (PSD) pode ser o primeiro da nova turma a perder o cargo.

Segundo informações publicadas pelo bahia.ba. Antes mesmo de assumir a Sedur, lembra o site, o parlamentar, vindo do DEM, cantava aos quatro ventos que estaria insatisfeito com a “falta de espaços” no PSD e deixaria o partido. Também de acordo com o Bahia.ba, Indicado pela legenda para o primeiro escalão – após ser definido que José Rebouças seria o secretário –, Torres inicialmente baixou o tom, mas voltou a desferir críticas à sigla e não tem correspondido como gestor, na avaliação do Palácio de Ondina. Com a saída do PSD, Torres vai se filiar a outro partido e quem sabe retornar ao ninho do prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo. A dedução é baseada no clima tenso que a situação na secretaria cria entre Torres e o governo Rui Costa.

OUTRAS NOTÍCIAS