Feirantes do Centro de abastecimento e trabalhadores do Artesanatos vão às ruas dizer não ao shopping popular

Por Cloves Pedreira

Hoje 19 por volta das 8:30 hs, centenas de comerciantes do Centro de abastecimento e trabalhadores do setor de  artesanatos foram às ruas dizer não ao shopping popular que o prefeito José Ronaldo contrariando a vontade popular quer construir à todo custo.

Mesmo com a tentativa de policiais em impedir o acontecimento do ato, inclusive retirando o carro de som do local, os trabalhadores permaneceram resistindo.

Já por volta das 10:30 hs, os trabalhadores seguiram até o MP onde o Advogado Sizino Oliveira intermediou entre manifestantes e o órgão na tentativa de barrar mais uma ação nefasta e desumana do prefeito que certamente prejudicará sensivelmente aqueles que necessitam destas atividades para sobreviverem com suas famílias.

Após as explicações do advogado Sizino de que o MP estará encaminhando ao judiciário uma representação que impeça o avanço das obras do shopping popular, os trabalhadores retornaram ao trabalho e amanhã em reunião decidirão por mais uma manifestação contra esta arbitrariedade!

O Vereador Beldes Ramos, o único parlamentar que esteve presente na manifestação,  declarou o seu apoio e que marchará junto com os trabalhadores.

12242226_775877379207103_1839080599_n12243952_775877809207060_1073291726_n12244166_775877885873719_1879552493_n

12283094_775877295873778_1551296048_n12270598_775877615873746_215731521_n12273163_775877195873788_218970691_n

 

OUTRAS NOTÍCIAS