logo_voz_de_feiraa

“É escolher se compra pão ou coloca gasolina”, diz representante de mototaxistas

Voz de Feira

Adailson Couto, presidente da Associação dos Motociclistas Profissionais do Estado da Bahia (Asmop-Ba), fala sobre impacto de reajuste no preço do combustível

A Refinaria Mataripe, localizada em São Francisco do Conde, na Região Metropolina de Salvador (RMS), anunciou, no último sábado (5), um reajuste de R$ 0,11 no preço dos combustíveis, que deve impactar diretamente no valor das bombas dos postos. 

O presidente da Associação dos Motociclistas Profissionais do Estado da Bahia (Asmop-Ba), Adailson Couto, falou sobre o impacto do reajuste para a categoria. “Interfere muito. Temos que escolher entre comprar pão ou colocar gasolina no final do dia. A Petrobras virou nossa sócia majoritária. A viagem é R$5,00, coloca R$7,00 de gasolina, fica R$2,00 no posto. É um absurdo”, declarou.

Mototaxista há 28 anos e presidente da associação há quatro, Adailson relata que 342 mototaxistas deixaram a profissão nos últimos seis – número referente apenas a capital baiana. Além disso, com o cancelamento de duas edições de carnaval por conta da pandemia, a situação é crítica. “A gente esperava um posicionamento da prefeitura, não é só o meio artítisco que precisa de ajuda. A única coisa que recebemos foi cesta básica, em 2021”, afirmou.

Este é o quarto reajuste feito pela Acelen no ano. A antiga Landulpho Alves foi privatizada em dezembro de 2021 pela Petrobras ao ser vendida para o grupo Mubadala Investment Company.  varela

OUTRAS NOTÍCIAS