Deputados aprovam criação do Documento de Identificação Nacional

Voz de Feira

O plenário da Câmara dos Deputados aprovou, nesta terça-feira (21), o projeto de lei que cria o Documento de Identificação Nacional (DIN) para substituir os demais documentos utilizados atualmente – como identidade, habilitação e título de eleitor. Na nova carteira, os dados serão inseridos por meio de tecnologia de chip. A matéria, aprovada na forma de um substitutivo do deputado Julio Lopes (PP-RJ), será enviada ao Senado. De acordo com o projeto, o DIN dispensará a apresentação dos documentos que lhe deram origem ou nele mencionados e será emitido pela Justiça Eleitoral, ou por delegação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a outros órgãos. Nesse documento, que será impresso pela Casa da Moeda, o Cadastro de Pessoa Física (CPF) será usado como base para a identificação do cidadão.

OUTRAS NOTÍCIAS