Contas da campanha de 2012 do Dep. Zé Neto, são reprovadas pela Justiça Eleitoral

Por Cloves Pedreira

O Deputado Zé Neto, teve as contas referentes ao período rejeitadas pela Justiça Eleitoral, na disputa pela prefeitura de Feira de Santana em 2012.

Foram encontradas pelo Ministério Público, irregularidades como: “arrecadação de recursos antes da data de abertura da conta bancária específica de campanha eleitoral; inconsistência entre as doações declaradas por outros prestadores de contas e as informações constantes da prestação de contas sob exame; realização de despesas antes da data da solicitação da concessão do CNPJ de campanha; divergência entre o saldo final do extrato da conta bancária e o saldo financeiro apurado no Demonstrativo de Receitas e Despesas, sem realização de conciliação bancária, embora apontada tal diferença; realização de pagamentos em espécie ao mesmo fornecedor, com o mesmo documento fiscal, sendo que a soma dos valores supera o limite estabelecido para pagamentos de pequeno valor; o valor total de despesas pagas, informadas pelo candidato, revelou-se maior do que o valor total das receitas financeiras arrecadadas”.

O juiz eleitoral, Júlio Gonçalves da Silva Júnior, declarou em seu despacho: “Com efeito, as impropriedades detectadas possuem grande relevância, consideradas, portanto, insanáveis, já que, examinadas em conjunto, comprometem irremediavelmente a regularidade das contas”.

OUTRAS NOTÍCIAS