Congelamento de salários, proposto pela Democracia Cristã em 2020, rejeitado pelo Legislativo e Executivo, foi tema tratado com coerência pelo atual presidente da casa, Fernando Torres

Por Cloves Pedreira

No dia 20 de abril de 2020, um documento assinado pelo presidente da Democracia Cristã Clovis Pedreira, e pré candidatos a vereador (a) pela legenda política. propôs ao Legislativo, em ofício, ao ex-presidente Zé Carneiro, e ao Executivo para o prefeito Colbert Filho, foi rejeitado por ambos os poderes, já na atual legislatura, em reunião, e posto à mesa pelo edil Silvio Dias,a proposta de congelamento salarial foi apoiada pelo atual presidente Fernando Torres, e pelos vereadores.

Este ato comprova realmente, que a independência de Fernando Torres habilita-o a tomar decisões inovadoras, justas e de renovação, que poderá torná-lo um dos melhores presidente que já passou pela Casa Legislativa de Feira de Santana

.

OUTRAS NOTÍCIAS