Comércio e supermercados de Feira de Santana estarão fechados nesta sexta-feira (1º)

As lojas do comércio de Feira de Santana e supermercados estarão fechados nesta sexta-feira, dia 1 de maio, feriado do Dia do Trabalho. A informação foi confirmada ao Acorda Cidade pelo presidente do Sindicato dos Empregados do Comércio (Secofs), Antônio Cedraz.

Ele informou que o fechamento segue o acordo firmado com o Sindicato do Comércio (Sincomfs), na convenção coletiva de trabalho realizada nos dias 28 de novembro do ano passado com os representantes dos supermercados e 9 de dezembro com os lojistas.

Publicado em 30/04/2020 09h22.

Comércio e supermercados de Feira de Santana estarão fechados nesta sexta-feira (1º)

A Ceasa do Centro de Abastecimento funcionará em horário especia.

Mudar o tamanho da letra:

Aumentar letra
Diminuir letra
Comércio  e supermercados de Feira de Santana estarão fechados nesta sexta-feira (1º)
Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

Andrea Trindade

As lojas do comércio de Feira de Santana e supermercados estarão fechados nesta sexta-feira, dia 1 de maio, feriado do Dia do Trabalho. A informação foi confirmada ao Acorda Cidade pelo presidente do Sindicato dos Empregados do Comércio (Secofs), Antônio Cedraz.

Ele informou que o fechamento segue o acordo firmado com o Sindicato do Comércio (Sincomfs), na convenção coletiva de trabalho realizada nos dias 28 de novembro do ano passado com os representantes dos supermercados e 9 de dezembro com os lojistas.PUBLICIDADE

Centro de Abastecimento

A Prefeitura Municipal de Feira de Santana informou, por ser feriado nacional, a Ceasa do Centro de Abastecimento funcionará em horário especial, das 4h às 12h. Conforme informou a Secretaria Municipal de Comunicação (Secom), a adequação do horário foi determinada pela Secretaria Municipal do Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico (Settdec) e a direção do Centro de Abastecimento. “Visa garantir o abastecimento e atendimento aos hotéis e hospitais, serviços essenciais para o apoio ao combate ao coronavírus Covid-19”, ressalta o secretário da Settdec, Antônio Carlos Borges Júnior. (Saiba mais)

Com informações do repórter Paulo José do Acorda Cidade

OUTRAS NOTÍCIAS