Bolsonaro e Marina Silva se manifestam contra a decisão do Desembargadou Favreto que determinou soltura do Lula

Por Cloves Pedreira

“A atuação excepcional de magistrado, durante um plantão judicial de fim de semana, não sendo o juiz natural da causa, não deveria provocar turbulências políticas que coloquem em dúvida a própria autoridade das decisões judiciais colegiadas, em especial a do STF” disse Marina

“Lula foi solto por um desembargador que foi filiado ao PT por quase 20 anos e a pedido de dois deputados do PT”, afirmou o coordenador de campanha de Bolsonaro deputado Delegado Francischini (PSL-PR).

OUTRAS NOTÍCIAS