Aperta o cerco da Justiça contra Colbert Filho. Condenado ele poderá ser encarcerado?

Por Clove Pedreira

O Ministério Público vai apurar a denúncia de indícios de distribuição criminosa de cestas básicas às véspera das eleições de 2020. O inquérito civil já foi instaurado pelo MP nesta quarta-feira 7, e supõe-se que distribuição das cestas objetivou beneficiar o prefeito Colbert Martins e o secretário municipal, Pablo Roberto que na época atuava como secretário municipal de Desenvolvimento Social.

A apuração está à cargo da 21ª Promotoria de Justiça de Feira de Santana e o inquérito civil (nº 596.9.18560/2021) foi instaurado após denúncia do Instituto Habitar.

Além do inquérito instaurado pelo MP, a Câmara de Vereadores de Feira de Santana também investiga a denúncia denominada a CPI das Cestas Básicas) no momento suspensa por decisão judicial. A Câmara recorreu, e aguarda julgamento.

Uma ação de investigação também tramita na Justiça Eleitora, em Feira de Santana. A ação corre em segredo de justiça na zona eleitoral 157. A ação foi movida pelo deputado federal Zé Neto (PT), vencido nas eleições de 2020.

A população sempre inquiri sobre se, caso condenado Colbert Filho seria encarcerado, ai apenas um advogado pode responder.

OUTRAS NOTÍCIAS