ACM Neto ouve seu coração e recua. José Ronaldo se torna a esperança da oposição. Experiência, e poder agregador!

Cloves Pedreira

Nesta quinta 05, parecia que tudo estava decidido, noticias veiculadas na imprensa, davam como certo a pré candidatura de ACM Neto encabeçando a chapa majoritária, seguido por José Ronaldo e Jutahy Magalhães, ambos para o senado.

Mas, ainda pela manhã desta sexta feira 06, por meio de um discurso, o prefeito de Salvador, ACM Neto anunciou sua desistência em disputar o governo do Estado.

A decepção foi geral, atônitos, lideranças, pré candidatos, parlamentares, o povo em geral reprovaram a decisão do prefeito de Salvador, o principal comentário foi: “AMARELOU”.

Quem vem acompanhando com atenção o desenrolar do processo, tinha certeza absoluta que ACM Neto não disputaria as próximas eleições.

Algumas vezes Neto comentou que tinha os seus projetos pessoais, que 2018 não seria a última eleição, se sentia jovem e que não havia motivo para renunciar a prefeitura de Salvador, deixando claro, que jamais queimaria etapas em detrimento da sua trajetória política para o futuro.

A justificativa de Neto para o recuo, revela um jovem ainda verde para a política, confirmando em tese as palavras do Vereador José Carneiro presidente da câmara de vereadores de Feira de Santana, que em discurso à dias passado, declarou sobre a fragilidade de ACM como líder, já que era notório o posicionamento de está em cima do muro, quando o gestor soteropolitano retardava a sua decisão final.

“Meu nome passou a ser cogitado para disputar o governo. Como todo baiano que ama a sua terra, teria o orgulho de ser governador. Eu refleti muito, ouvi muita gente, e mais ao final só sobrou ouvir meu coração”.

“Meu coração me impede de deixar a prefeitura!”

Após este desmoronamento político, surge uma esperança lúcida, José Ronaldo Prefeito de Feira de Santana:

 

“É difícil na hora que a gente recebe a notícia, a gente fica triste, chateado, mas a vida segue, vamos continuar na luta. Tudo isso vai ser superado com o tempo e com a própria campanha política”, tranquilizou Ronaldo em entrevista ao programa de TV hoje sexta-feira.

“Acredito muito na união das oposições. Continuo acreditando que aqueles partidos políticos que estavam com ACM Neto continuarão unidos. Essas pessoas não desejam a continuidade do PT na Bahia ou o retorno no Brasil. Vejo com tranquilidade. O tempo vai nos ajudar a manter todo nosso grupo, inclusive o PSDB que foi sempre nosso aliado”. disse o prefeito de Feira.

Quando perguntado por um repórter sobre informações de bastidores sobre que, sem ACM Neto na disputa a vitória de Rui Costa seria mais fácil, Zé Ronaldo respondeu:

“Já ouvi esse hino tocando muitas vezes, quem age nesse espírito é arrogante, é um prepotente, exemplo claro de quem é ditador, vivemos em uma democracia. Não existe vitórias nem derrotas antecipadas, existe a luta, a busca de uma vitória dentro do processo democrático. Nunca temi disputar uma eleição”.

Neste sábado 07, José Ronaldo anunciará sua decisão final, seja ela qual for, é certo que terá do povo feirense, que sempre concedeu-lhe vitórias importantes, o seu apoio incondicional.

OUTRAS NOTÍCIAS