A desarmonia do Executivo feirense transformou-o em; “A Casa dos Horrores!”, com um sumo-sacerdote inimigo do povo, o serviçal que não sabe de nada, e uma sacerdotisa vaidosa!

Por Cloves Pedreira

O povo de Feira de Santana está denominando a Prefeitura de; “casa dos horrores”,pois tornou-se um prédio sombrio, vazio, completamente desprovido de luz. As portas são mantidas lacradas, e o cheiro de mofo invade os compartimentos tenebroso assustador, onde não existe qualquer claridade,  assustador.

Algumas pessoas já ouviram gemidos parecidos vir do além, barulhos de correntes sendo arrastadas ao solo, as longas escadas da arquitetura antiga rangem, produzindo frio na coluna. É de arrepiar os cabelos

Ali existe um prefeito taciturno, melancólico, que não conversa com as pessoas, que humilha, que grita com seus apoiadores, um homem que esconde-se atrás de um celular, e não há quem o faça sorrir.

Há também o protetor que não sabe de nada, e uma sacerdotisa.vaidosa. No próximo capítulo falaremos mai deles

OUTRAS NOTÍCIAS