A carta da “TRÍADE” emedebista, Colbert Martins, Herzem Gusmão e Rodrigo Hagge, abre expectativa de uma possível revelação de “segredos sobrios”. Conheça teor da carta!

Por Cloves Pedreira

Tornou-se público uma carta dos prefeitos Herzem Gusmão Vitória da Conquista, Colbert Martins Feira de Santana e Rodrigo Hagge de Itapetinga alegando que não se sentem representados, e com indícios de que eles sugerem uma mudança no diretório estadual do MDB na Bahia, mas, alguém lembrou ao grupo que Herzem Gusmão, é o segundo vice-presidente e anteriormente, Hagge, abriu mão de um cargo na executiva para indicar o avô, Michel Hagge.

Uma publicação do site Bocão News, (Na Sombra do Poder) sugere que a “trindade”, estão na verdade de olho no fundo eleitoral e que a atitude despertou a fúria de um cacique que anda recolhido, possivelmente Gebdel Vieira Lima, ou Lúcio Vieira Lima, e que o cacique, enfurecido “falou até em revelar segredos sombrios de um dos autores da carta. Não se sabe se foi uma ameaça ou uma promessa”.

OUTRAS NOTÍCIAS