Vereador Isaias de Diogo derruba dois coelhos com uma só cajadada!

Por Cloves Pedreira

3595

?????????????????????????????????????????????????????????

12011366_754957754632399_5337348242650701480_n

Conversando com um amigo, ele fez um comentário interessante sobre o edil Isaías de Diogo. Disse este amigo: “…Isaías de Diogo é estrategista..”.

Na verdade, Isaías com apenas um mandato e meio como vereador já pode ser considerado uma raposa velha politicamente falando. Uma raposa felpuda, aqui, no bom sentido.

Prestem atenção; Isaías foi um dos mais contundentes, ferrenho opositor à liderança do vereador Lulinha, bateu forte e conseguiu nesta perspectiva desgastá-lo irreparavelmente, pois ficou configurado que Lulinha como líder de uma bancada governista é fraco demais.

Em seguida, a velha Raposa, após conseguir detonar Lulinha, apoiou um mais incompetente para substituir o ex-“líder” Desta vez assumiu o cargo, com apoio veemente de Isaías de Diogo, Marcos Lima, o vereador que mais apresentou Projetos de Lei inconstitucional, dentre eles, o plantio de árvores frutíferas em locais público. Imaginemos a Av. Getúlio Vargas com mangueiras, jaqueiras e outras?

Na sessão da Câmara Municipal desta quarta feira 10, Marcos Lima, sendo líder do governo Colbert bradou em alto e bom som que estava com saudades do governo José Ronaldo, e que o povo nas próximas eleições querem José Ronaldo, só que Ronaldo não pode se candidatar, a não ser como vereador o que está completamente fora de qualquer cogitação.

A sua fala foi divulgada no programa Acorda Cidade na íntegra, por gravação, e ainda assim Marcos Lima de forma irresponsável disse que a notícia era fakenews, descaracterizando sua própria fala

Marcos não tem a mínima competência para liderar a bancada governista em Feira de Santana.

Portanto, porque Isaías derrubou dois coelhos com uma cajadada só? A resposta: Tirou um líder inoperante e apoiou outro pior, assim, ambos deverão perder votos devido desgaste motivado por inaptidão, e deixará a porta mais aberta para os demais com capacidade de votação maior em uma eleição difícil, nesta perspectiva fica mais fácil a reeleição de Isaías.

 

VEJA TAMBÉM