Ver. Lulinha condena posição do pastor Necivaldo Santana da Igreja Quadrangular.

Por Cloves Pedreira

972064_358622857599226_505072881_nPastor Valdemir pré candidato a vereador

10646833_571729719616448_7584834258795258068_nPastor Necivaldo e seu filho Ismael pré candidato a vereador

Nesta terça 25, entraram em rota de colisão os vereadores Lulinha, Isaias de Diogo e Edvaldo Lima, motivados pelo acontecimento recente, tendo como palco a Igreja Quadrangular, envolvendo as pré candidaturas do “escolhido” pela Igreja o jovem Ismael, o superintendente regional da IEQ que também é pastor, Necivaldo Santana pai de Ismael, e o pastor Valdemir que se coloca como pré candidato a vereador, só que o estatuto da Igreja reza que apenas o escolhido pela cúpula poderá disputar o pleito. Conheçam o processo visitando o Blog de Fábio Negriny.

Isaias e edvaldo Lima não aceitaram a fala do Lulinha, já que o mesmo não é evangélico e dai gerou uma discussão desnecessária, desgastante e imprópria.

Já no final da fala o Lulinha que se colocou contra a posição do pastor Necival, disse que tem o direito de se posicionar já que sendo vereador representa os católicos, umbandistas, quiromancistas, candomblezeiros, e de todas as outras religiões, inclusive as evangélicas dentre as quais a Quadrangular.

VEJA TAMBÉM