Prefeitos e vereadores eleitos em 2016 podem ter mandato estendido até 2022
imagesretf

Por Clovis Pedreira

Já acontece no Congresso Nacional discussões para apreciação de novas propostas para dar continuidade à reforma política.

Primeiro deverá ser votado questões como a Cláusula de Barreira, que pretende penalizar o partido que não atingir resultados eleitorais mínimos perde o funcionamento parlamentar. Isso significa, por exemplo, que o partido seria obrigado a ter uma estrutura menor na Câmara, sem direito a cargos de liderança, deputados em comissões permanentes e cargos na Mesa Diretora. Além disso, os partidos perderiam direito ao fundo partidário e ao tempo gratuito de televisão e rádio.

Outro ponto que o Congresso propõe é o fim das coligações e reeleições para chapas majoritárias, assim acontecendo é possível que os mandatos conquistados em 2016 podem serem estendido até 2022, para que a partir deste ano haver uma única eleição para todos os cargos, de cinco em cinco anos.

VEJA TAMBÉM