Porque o povo feirense não quer Dilton Coutinho na política? Análise amostral!
10646833_571729719616448_7584834258795258068_n

Por Cloves Pedreira

Nesta segunda feira, 03, o vereador João Bililiu, subiu à tribuna da Câmara de Vereadores e bateu forte no radialista Dilton Coutinho, motivado segundo Bililiu, por um comentário do radialista sobre cada edil ter um Posto de Saúde, incluindo especificamente o nome do vereador Carlito do Peixe.

João Bililiu desceu a madeira sem dó e piedade, do pescoço pra cima foi canela. João chegou a falar que Dilton quer ser prefeito de Feira de Santana com abraços e comentários dóceis aos seus ouvintes, e que o radialista deveria andar, gastar sola de sapato, e  fizesse como ele Bililiu, que correu 30 anos para chegar a vereador.

Reportando-me ao ano de 2016, fui procurado pelo Deputado Federal Fernando Torres, para encomendar uma Pesquisa de Intenção de Votos para o Executivo feirense, solicitando incluir o nome do radialista Dilton Coutinho, na modalidade estimulada. Naquela ocasião, existia a disposição de Fernando Torres, em apoiar Coutinho à prefeito de Feira.

Coutinho obteve apenas 7.0% de indicações, e o que me deixou bastante admirado, é que a população de Feira de Santana não aceita de forma alguma o ingresso de Dilton Coutinho na política partidária. O povo argumenta, que a maioria dos políticos são corruptos, que mentém, que não cumprem com promessas. Naquela ocasião eu apresentei pessoalmente os resultados a Coutinho.

Não desmerecendo parte dos políticos, é claro que existem homens públicos do bem, é indispensável pontuar que o povo de Feira de Santana tem Dilton Coutinho em alto conceito, a voz do pobre, o reivindicador das demandas daqueles que são excluídos do mínimo dos seus direitos.

Dilton, é uma das figuras públicas mais queridas da sociedade feirense, é considerado segundo amostragens, o radialista com maior credibilidade, melhor programa (Acorda Cidade), e melhor Portal de Notícias.

No final do mês de novembro de 2018, o IPEX foi ao campo, mais uma vez a leitura referente a uma possível candidatura de Coutinho a qualquer nível no parlamento não tem aval popular, inclusive, o percentual de voto ao seu nome caiu para 5.0%, com a mesma argumentação obtida pelo Instituto em 2016.

Sobre este assunto, eu avalio da seguinte forma: Pode ser que diante da pressão, Dilton Coutinho, sinta-se atraído num desejo fugaz, colocar seu nome a apreciação popular, mas, embora Dilton, exista um ditado em que fala sobre se conselho fosse bom não se dava vendia, eu vou dar-lhe um: Nunca siga por este caminho, o povo te quer no rádio!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

VEJA TAMBÉM