Pesquisa realizada pelo Instituto Paraná,é reprovada pelos feirenses, e pode não retratar a realidade do processo eleitoral neste momento!
Feira-de-santana-pesquisa-prefeitos-696x392

Por Cloves Pedreira

Uma pesquisa realizada pelo Instituto Paraná apresenta indícios de manipulação dos resultados.

A amostragem realizada entre os dias 22 e 25 de agosto, apresenta um dado muito que pode não corresponder à realidade, seria um empate técnico entre Colbert Martins, Targino Machado e Dayane Pimentel.

Um empate técnico entre Colber e Targino pode até existir, mas, quando anexa o nome da deputada federal entre os três, ai foge ao que outras pesquisas tem apresentado.

Outro resultado esquisito é sobre a rejeição dos pré candidatos, e faz-se necessário um esclarecimento deste instituto, que é, quanto a rejeição dos pré candidatos; na amostragem; Colbert Martins, apresenta a maior rejeição 51,4% a menor rejeição é à Professora Dayane Pimentel, 36%. Targino Machado e Zé Neto têm rejeição de 45,1% e 44,6%, respectivamente, o que também não harmoniza com a verdade. Na soma da rejeição, obtém-se 177.1%, na realidade os números teriam de bater em 100.0%

Que Colbert Martins possua a maior rejeição isto é realidade, mas, não neste patamar, assim como parece fictícios os números destinados a Targino e Zé Neto.

Por outro lado, Carlos Geilson não está à baixo de Dayane Pimentel na intenção de votos.

Comentários revelam que a pesquisa foi reprovado pelos feirenses.

 

VEJA TAMBÉM