Neymar e Messi são ameaçados pelo Estado Islâmico; veja o cartaz
015

Estado Islâmico promete atacar a Copa do Mundo de 2018, que será sediada na Rússia. E dois dos principais jogadores, que estarão no mundial, também foram ameaçados. O grupo divulgou um pôster em que mostra um terrorista segurando Neymar, de joelhos e com mãos atadas, e Messi morto.

A divulgação aconteceu um dia depois dos jihadistas da Wafa Media Foundation, que apoia o EI, divulgaram um cartaz que mostra Messi, com um dos olhos sangrando, vestindo uma roupa de presidiário com seu nome escrito.

Antes do cartaz com Neymar e Messi e do outro em que o argentino figura sozinho, o organização divulgou outras imagens na campanha contra a Copa. Há duas semanas, um outro pôster mostrava o símbolo da Copa do Mundo ao lado de um homem com uma máscara, onde estava escrito: “Espere por nós.” Em uma outra ameaça, a Wafa divulgou um pôster que mostrava um jihadista observando o estádio Luzhniki, em Moscou, que receberá partidas da Copa, com a frase: “Inimigos de Alá na Rússia, juro que o fogo dos mujahedins queimará vocês. Aguardem.”

VEJA TAMBÉM