Maníaco que atua em Feira de Santana, usa arma de fogo para estuprar e em seguida corta cabelo da vítima!
009

Por Voz de Feira

“Para ele, o fato de está acompanhada não impede nada. Ele amarra, usa a arma de fogo, estupra, subtrai celular, bolsa e corta o cabelo. Ele só quer vítima que tenha o cabelo longo”. Assim a delegada Maria Clécia Vasconcelos, da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam), descreve o maníaco que já fez oito vítimas em Feira de Santana, localizado a 108 km de Salvador.

A série de estupros praticada pelo suspeito começou em 2016, com um caso. Em 2017, foram dois estupros e, de janeiro até abril deste ano, foram cinco registros de violência sexual cometido pelo maníaco. Segundo a delegada, desses casos, cinco foram presenciados pelos companheiros das mulheres.

A delegada contou que o homem aborda as vítimas e as levam para um lugar ermo. Quando acompanhadas, ele agride os companheiros e os amarram, estupra as mulheres e corta os seus cabelos, além de roubar os objetos pessoais.

Maria Clécia acredita que o maníaco venda o cabelo das vítimas, pois uma das mulheres atacadas usava mega hair e foi agredida ainda com mais violência, quando o suspeito percebeu que se tratava do alongamento capilar.

“Teve uma vítima que, depois de ter abordado, ele viu que era mega hair e espancou brutalmente essa vítima, introduziu o cabo da faca na vagina dela, dizendo: “você usa meha hair sua mentirosa”, e espancou. Mesmo assim cortou o cabelo dela e deixou no local, disse que não servia”, explicou a delegada.

O maníaco é descrito como um homem de cor parda escura, mais ou menos 30 anos, em torno de 1,70m, nariz achatada e sobrancelhas espessas. As investigações já estão bem avançadas, segundo Maria Clécia, e já existem suspeitos.

A delegada acredita, ainda, que haja mais vítimas, que não registraram o estrupo. “Houve nesse período um número maior de registros de mulheres vítimas de roubo. Então, elas relatam o roubo e, muitas vezes, não relatam o estupro”.

Informações do Bocão News

VEJA TAMBÉM