Grande vitória do vereador Luiz da Feira. Quanto ao Legislativo feirense pode-se dizer; “…a porca lavada voltou ao espojadouro de lama”
0bea51f5-5717-47cf-904d-5c6ee33b69a4

Por Cloves Pedreira

Nesta terça feira,3, a Câmara de Vereadores aprovou por unanimidade dos presentes um requerimento n° 160/2019 de autoria do presidente da Câmara de Vereadores José Carneiro Requerimento, que pede ao prefeito Colbert Martins da Silva Filho a viabilização de documentos e informações sobre o Shopping Popular de Feira de Santana. Cadmiel Pereira absteve-se.

Interessante é que os vereadores Luiz da Feira e Beto Tourinho, já haviam apresentado matéria semelhante que inexplicavelmente foi rechaçada pelos edis da base governista.

A matéria reporta-se o pedido da “cópia do contrato entre a Prefeitura Municipal de Feira de Santana e a empresa do Grupo UAI, responsável pela operação do empreendimento, bem como a minuta do contrato da Parceria Público-Privada (PPP) e os camelôs.

Os parlamentares que apoiavam antes da votação de hoje o citado requerimento; Alberto Nery, Zé Filé, Beto Tourinho e Luiz da Feira representante dos camelôs, não esconderam a satisfação no recuou da Câmara Municipal, e os demais presente a sessão, votaram a contra gosto por terem sidos forçados a aprovarem o documento.

Há indícios de que a votação de hoje pode ser uma estratégia para fritarem Luiz da Feira, mas é importante frisar que Luiz está em alta com a categoria, e sobre o Legislativo não resta outra coisa, a não ser citar a bíblia no capítulo 2:22 versículo 22 de 2 Pedro: “….O cão voltou ao seu próprio vômito, e a porca lavada ao espojadouro de lama”.

 

VEJA TAMBÉM