Cristiano Ronaldo é suspenso por cinco jogos por expulsão e empurrão em árbitro
Cristiano Ronaldo

Voz de Feira

O empurrão de Cristiano Ronaldo no árbitro Ricardo de Burgos durante a vitória do Real Madrid por 3 a 1 sobre o Barcelona pela Supercopa da Espanha não passou impune. O atacante português foi julgado nesta segunda-feira e terá que cumprir, além da suspensão automática pelo cartão vermelho, mais quatro jogos pela atitude contra o juiz da partida. Assim, ele desfalca a equipe merengue no jogo de volta contra o Barça na próxima quarta-feira.

O juizado de competição da Espanha considerou que Cristiano Ronaldo infringiu o artigo 96 do regulamento, que previa de quatro a doze jogos de suspensão. Assim, ele pegou pena mínima por ter empurrado o árbitro antes de deixar o gramado. Além dos quatro jogos fora, que precisarão ser cumpridos no Campeonato Espanhol, o atacante terá que pagar uma multa de € 3.005 (cerca de R$ 11.270), e o Real sofreu uma sanção de € 1.400 (R$ 5.250).

Na partida, CR7 recebeu o primeiro cartão amarelo por tirar a camisa depois do gol marcado. O segundo foi mostrado ao astro após, na visão do juiz, simulação de pênalti na área do Barcelona. Insatisfeito com a expulsão, o camisa 7 do Real Madrid partiu para cima do árbitro, que registrou o episódio na súmula do clássico: “Depois de eu mostrar o cartão vermelho, o jogador me empurrou como um sinal de desconforto”, escreveu De Burgos.

O campeão da Supercopa da Espanha será conhecido na próxima quarta-feira, a partir das 18h (de Brasília), no Santiago Bernabéu. Com os três gols marcados fora de casa, o Real ficará com o título se empatar ou até se perder por 2 a 0 para o Barcelona em casa. G1

VEJA TAMBÉM