Câmara Chinesa de Comercio criada em Feira de Santana preocupa o vereador Luiz da Feira, representante dos camelôs!
11954714_745834882211353_4221158290188896625_n

Por Cloves Pedreira

Com a criação da Câmara Chinesa de Comércio de Feira de Santana, que aconteceu no último sábado, 9, lançado em um restaurante da cidade onde se fizeram presente;  Luiz Mercês, presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas, Marcelo Alexandrino, dirigente da Associação Comercial de Feira de Santana; os secretários municipais; Antônio Carlos Borges Junior, de Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico e Justiniano França, de Serviços Públicos; o assessor do Prefeito Colbert Martins, Demilton Brito; o presidente da Federação das Associações Comerciais da Bahia, Cloves Cedraz; e o presidente do sindicato do comércio de Feira, José Carlos Moraes Lima, motivou o discurso do vereador Luiz da Feira, nesta terça feira 12, na Câmara Municipal.

O edil que representa e defende os interesses dos camelôs e feirantes de Feira de Santana pontuou no seu pronunciamento que a grande preocupação é com o Shopping Popular que está sendo construído pela prefeitura de Feira e será administrado por uma empresa chinesa.

“Foi uma preocupação muito grande esse fim de semana quando recebi várias ligações. Não sou contra chineses, mas estou aqui para defender os direitos do camelô. Tenho que lutar, pois fui eleito representando essa classe. O shopping popular que está sendo construído vai ser gerido por uma empresa chinesa e pelo que estou vendo, vai ser invadido pelos chineses”, afirmou Luiz da Feira

Seguindo na sua fala Luiz foi categórico: “Nosso shopping deve ser feito para as pessoas de Feira de Santana. Vou conversar com os secretários presentes no lançamento da Câmara Chinesa para saber sobre essa situação. É normal que os chineses abram lojas pra trazer emprego e desenvolvimento para a cidade, mas minha luta é pelo shopping popular. Tem mercadorias que eles vendem aqui e que sai mais barato do que o valor que a gente compra em várias cidades brasileiras. Então não tem como concorrer!

Hoje conversando com alguns camelôs na Sales Barbosa, percebi que há realmente uma grande preocupação destes comerciantes, quanto ao que eles chama de “Invasão dos Chineses”.

Seu Agripino dos Santos Carvalho, que segundo ele, trabalha como camelô na Sales Barbosa a mais de 8 anos disse: “Estamos vivendo dias de angústia, e quando acontece um encontro deste, entre os chineses e as autoridades municipais, sem nenhum aviso antes, faz com pensar que nada de bom virá para nós camelôs, os chineses é que estão mandando em tudo, ainda bem que temos o vereador Luiz da Feira que tem defendido a nossa causa, mas ele é uma voz apenas, não existem outros vereadores lutando ao lado dele, tudo isto é muito triste” disse seu Agripino.

8bb8f13d-d365-49ae-9598-4a47807e47f3

12400897_805286119599562_8555404782436705415_n

26230068_1669353329794113_314976742953152857_n

 

VEJA TAMBÉM