Mais de 500 agências dos Correios devem ser fechadas; 5,3 mil funcionários serão demitidos
017

Voz de Feira

Uma decisão tomada em fevereiro e mantida em sigilo determinou o fechamento de 513 agências dos Correios e a demissão de 5.300 funcionários nos próximos meses. Segundo informações da Coluna do Estadão, a medida foi aprovada durante reunião da diretoria.

A previsão é que sejam fechadas agências próprias que estão localizadas muito próximas de outras que são geridas por agentes privados, explica o ex-presidente dos Correios, Guilherme Campos.

Os funcionários dos correios apoiaram o impeachment, e Aécio Neves para presidente.

VEJA TAMBÉM